9 de março de 2008

o corte, a costura, o porte e a postura

.

esses assaltantes playboys
que usam camisa social
calça social, sapato social
mas andam nus de responsabilidades sociais
bem que poderiam
ter me aliviado os documentos, né?


é uma burocracia da porra
pedir segunda via da minha licença poética
e a identidade cultural que eu portava
era só uma cópia autenticada
plastificada da outra,
que já tinham me roubado...


o que eles não sabem
é que eu não sou dono nem
das minhas convicções
muito menos eles



.

5 comentários:

Aline disse...

Lindos os seus textos. Simples e de lirismo intenso.
Depois, se puder, dê uma passadinha no meu blog. Tem um conto novo lá.

Leila Saads disse...

Ótimo poema. Muito boa os "trocadilhos"=]

=*

Amanda Santiago disse...

Foi de algum assalto que veio a inspiração?!

Amanda Santiago disse...

Perdoe a pergunta, mas é que vc é bom, mto bom msm, adoro...

Janete Cardoso disse...

Menino querido,
amo te ler!!!!! :D
beijo bem grande!