22 de julho de 2008

das coisas que não se ensinam

.


um dia ainda consigo
chegar bem perto de passarinho
sem que sua vontade de voar
seja maior que a minha



.

3 comentários:

Yara disse...

Se tuas asas são feitas de poesia
teu vôo já existe
e está além dos pássaros...

Tata disse...

É codinome beija-flor, por aí atendo por Passarinha.
Hehehehe

:)
Quanta suavidade com as palavras!

Vanessa disse...

E isso tudo fez meu pensamento voar, voar tao longe...

Voce e demais, um genio das palavras e do sentimento.